Mundo Novo

Quarto do bebé – montessori

cama montessori - quase 5 meses

Este é o lugar onde o F. gosta de brincar. Com 4.5 meses, ele olha para o espelho e explora tudo aquilo que observa. A sua cara, o seu corpo, a mãe… É maravilhoso acompanhar as suas descobertas! E todos os dias há novidades!

O F. já procura levantar o braço e abrir a mãozinha para agarrar a argola. Consegue com alguma dificuldade e esboça um largo sorriso quando consegue. Gosta, ainda, de apanhar o guizo e abana-lo. Às vezes tenta pô-lo na boca. Não se cansa. Gosta destes desafios!

Este local poderia ser onde dorme mas não é. Ainda dorme no nosso quarto e creio que vai lá continuar durante algum tempo. Não temos pressa para o tirar do nosso quarto. Queremos que ele sinta confiança e durma descansado. Para mamar à noite, também, é mais fácil dormir no berço (next to me) mesmo ao lado da nossa cama.

Foi importante, para mim, descobrir Montessori nesta altura da minha vida. Sei que a educação do F. é mais sólida e tem um sentimento porque procuro aplicar o método. Se assim não fosse, as coisas corriam mas não era a mesma coisa.

Segundo ela, o bebé deve ser autónomo e não depender de ninguém para adormecer e dormir. O bebé só precisa de sentir a presença da mãe enquanto dorme e não dormir ao colo.

Na verdade o nosso F. gosta de adormecer na mama. Com o seu desenvolvimento dormirá sozinho. Até lá é dar muito carinho e amor. Ele merece!

Quarto do bebé – montessori Read More »

Mobile – 2 –

O F. gosta muito deste mobile.

E fácil de fazer

Os materiais não são caros e deu-me um gosto enorme em fazer.

Mobile – 2 – Read More »

Apoiar o Bebé

O controlo muscular do bebé desenvolve-se de cima para baixo :primeiro o pescoço fortalece-se, depois a parte superior das costas, o meio e a parte inferior, e finalmente as ancas e as pernas. Antes de os músculos conseguirem suportar o corpo, a mente já se centra na ideia de se sentar. É por esta razão que ergue a cabeça quando lhe estão a mudar a fralda e tenta elevar-se agarrando-se aos dedos dos pais.

Para o ajudar a começar a sentar-se apoie-o com várias almofadas grandes. Este apoio almofadado ajuda o bebé a desenvolver equilíbrio e força muscular impedindo-o de se magoar se cair.

Ele passa a olhar a vida de frente, em vez de ter a cabeça virada para baixo.

Apoiar o Bebé Read More »

Mobile – 1 –

Este foi o primeiro mobile feito segundo o método montessori. O F. gosta muito. Fica durante alguns minutos a contemplar e eu sei que faz bem à concentração e foco.

É simples de fazer! Mãos à obra!

Mobile – 1 – Read More »

Maria Montessori

Maria Montessori

Maria Montessori

Muito se fala desta Mulher e do seu método. Basta pesquisar no google que aparecem imensas páginas e sites sobre o assunto. Gosto, particularmente, deste porque me transmite serenidade ao lê-lo http://www.taquid.com é da Diana.

Vou apenas focar os pontos que me fazem admirar MM :

  • Foi uma das primeiras mulheres italianas médica . Sofreu bastante enquanto tirou o curso. Inclusive sentava-se na ultima fila longe dos seus colegas rapazes,
  • Foi Mãe solteira. Não quis casar quando soube que estava grávida porque não queria ficar em casa como as outras mulheres. Esta atitude tão louvável trouxe-lhe alguns dissabores com a família, com o pai do seu filho e com as pessoas que se cruzavam no seu caminho. Só muito mais tarde assumiu o seu filho Mário,
  • Foi pioneira com o seu método a trabalhar com crianças com deficiências mentais. De tal forma que as levou aos exames nacionais e tiveram melhores notas que outras crianças ditas normais,
  • Tinha um caráter firme. Perseguia as suas convicções e não era persuadida com facilidade,
  • Era cristã e mulher do mundo. Preocupava -se com a parte espiritual das crianças e dos adultos

Muitas outras coisas vou descobrindo e me levam a inspirar no seu trabalho.

Maria Montessori Read More »

É Tempo de Ser

Os primeiros meses de um bebe são fundamentais no seu desenvolvimento. Há muitas teorias sobre o assunto mas, para nós, o que prevalece é o amor. Sim o amor e não é utopia!

Dar de mamar o tempo que ele quer. Estar presente quando ele adormece e acorda. Mudar a fralda para se sentir sempre limpinho….

Este é o tempo mais egocêntrico. Tempo de sentir, dar e partilhar. Tempo de beijar as doces bochechas, de mudar fraldas e mais fraldas. Tempo de dormir pouco e sorrir. Tempo de cólicas e paciência. Tempo de conexão e silêncio. Tempo para brincar, ficar em casa ou aproveitar o sol. Tempo para observar, contemplar, rir muito. Tempo de descoberta, de curiosidade, ver tudo como se fosse a primeira vez. Tempo de receber os amigos e paciência por aqueles que andam ocupados, não sabem o que perdem. Tempo da novidade!

Num mundo em que há falta de tempo (dizem), ganhar tempo com um bebe é uma bênção. Que cada um de nós tenha tempo e se sinta abençoado! No fim o que permanece é o amor.

É Tempo de Ser Read More »

Fase da Lua de Mel

Por vezes, o período dos 3 aos 6 meses, da vida do bebé é designado por lua de mel, pois é um tempo de gloriosos sorrisos, gargalhadas, exploração das mãos e alegres pontapés. Muitos bebes aprendem a sentar-se durante esta fase, uma habilidade importantíssima que os ajuda a ver o mundo de uma forma mais clara e a manipular objetos com maior precisão. A maioria dos bebes aprende também nesta altura importantes competências sociais, tais como balbuciar, rir e sorrir.

Viver cada momento como único, torna a vida (que é uma sequência de experiencias) maravilhosa. Única significa não fazer comparações, ver e sentir tudo como se fosse a primeira vez. Vale a pena procurar viver deste modo. Não nos arrependemos!

Fase da Lua de Mel Read More »

Como Começar?

Por vezes não é fácil transmitir aquilo que sentimos, sobretudo quando envolve emoções fortes!

Fui Mãe pela primeira vez há 3 meses. Maravilhoso! O parto foi uma experiência única e embora tenha corrido tudo bem, não aconteceu nada do que tinha previsto.

A vida não é a mesma. Neste momento dependemos muito um do outro. Aprendemos muito um com o outro. Não será sempre assim, mas é necessário viver cada momento para que não estejamos sempre a dizer : O tempo passa tão depressa…

Envolvermo-nos totalmente nas tarefas diárias : mudar a fralda, dar de mamar, adormecer e deitar o bebe… deixam de ser rotineiras e são vividas com amor. Aos poucos damos conta que o bebe vai crescendo… Já começa a pôr a mão na boca, a virar a cabeça para os dois lados, a interagir com sons saídos da sua pequena boca!

Vivo agradecida!

Como Começar? Read More »

Scroll to Top